top of page

Zagueiro do Coritiba alega salários atrasados e consegue rescisão de contrato

Atualizado: 4 de set. de 2022

Alex Alves alega que o Coxa deve os salários de maio, junho, julho e agosto de 2019, além do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de férias de 2018. Os valores da ação não foram revelados.


A informação foi confirmada ao GloboEsporte.com pelo advogado do jogador, Pedro Zaithammer, da Suttile & Vaciski. Procurada pela reportagem, a direção alviverde disse que desconhece a rescisão e está disposta a negociar a saída do atleta novamente. O clube não respondeu sobre a questão salarial.


Veja a notícia completa no link abaixo.


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page